Author Archives: Henry Lelot

  • -
la-me-ln-duke-kahanamoku-surfer-20150824

A ALMA DE SUA PRANCHA

Onde fica a Alma da Prancha?


Com certeza não fica nas engrenagens de uma máquina de usinagem, nem nas mãos de um back shaper. Mas afinal, onde ficaria a alma de uma prancha? a resposta é simples: onde o shaper que a projetou estiver, ali estará a alma de sua prancha… Mas não qualquer shaper, eu falo do shaper verdadeiro, o shaper de alma, aquele que não é movido pelo dinheiro, que ama o que faz e faz o que ama… 

Com a chegada da máquina, uma nova geração de shapers resolveu aprender a fazer pranchas, e estão no mercado aprendendo a cada dia, fazendo pranchas como hobbie, boa parte não sabe ao menos fazer uma prancha na mão. Existe uma outra linhagem de shapers, os chamados “hand shapers”, que nunca usaram máquinas, ou preferem não usar… Cada shaper, seja iniciante ou mais experiente, vem trilhando um caminho individual em sua evolução como shaper, mas suas opções estão certas ou erradas? representam o futuro ou o passado, em relação ao mundo das pranchas? 


3


Shape x Design


Atualmente, os fornecedores de insumos (revendedores de matéria-prima, fabricantes de blocos e proprietários de máquinas) vem oferecendo cada vez mais facilidades para o shaper, na busca pela preferencia dos clientes, mas trata-se de uma faca de dois gumes… o verdadeiro shaper precisa manter a sua identidade, ser shaper sem deixar de continuar a ser o designer, ou melhor, a alma de suas pranchas… precisa ter uma participação sempre ativa, mesmo usando máquina, elaborando ele mesmo cada projeto, conjugar sua experiencia sempre com as mais avançadas tecnologias disponíveis, buscar se aprimorar cada vez mais, trabalhar com maior numero de medidas, maior minucia, detalhar mais o seu trabalho.

A verdade é que a arte de se fazer pranchas está a caminho de se tornar cada vez mais uma refinada técnica profissional, em que a tecnologia não pode ser desprezada…

Já não é segredo que as maquinas não entregam as dimensões projetadas com a confiabilidade necessária, logo, se o próprio shaper se reduzir a fornecer apenas as medidas básicas para o fornecedor, receber o pré-shape e apenas alisar sem conferir minuciosamente as medidas, questiono então, onde fica o “designer”, que projeta e executa cada prancha minuciosamente sob medida para cada cliente? muito importante não ceder às facilidades excessivas e não deixar de ser o projetista, ou onde estaria a alma de suas pranchas? 


Complexo de Vira-latas   Brasil-Renata-1024x776   


Há também os shapers residentes que se renderam aos gringos… baixaram  a cabeça e aceitaram produzir pranchas de marcas internacionais em nome do dinheiro e da oportunidade de entrar nas lojas como marca de segunda linha. 

No Brasil prevalece a cultura de supervalorizar tudo o que vem de fora… shapers brasileiros residentes no exterior, como Xanadu, Zouvi e Cabianca, entre outros, já possuem o reconhecimento internacional… Mas os shapers brasileiros residentes, ao invés de aguardarem passivos que, em algum momento futuro, o mercado volte a nos favorecer, precisam investir na aquisição e no desenvolvimento de novas tecnologias e insumos que permitam aumentar sua competitividade em relação às lojas, que hoje detém aproximadamente 90% do mercado nacional. 


Pranchas de Loja 

50657_1HMV85ISlibVgIXEd-Gx4E30orQ9-d-RYhMytFxvFGE


Aqui uma questão digna de polêmica, mas a verdade seja dita: as pranchas gringas de loja  são cópias… sim, apenas cópias, feitas por licenciados, em escala industrial, através de máquinas e simplesmente não atendem as necessidades dos surfistas mais experientes, que buscam evoluir o seu surf, como os competidores e quem já possui maior grau de habilidade. São pranchas semi-padronizadas, disponíveis em número limitado de opções de tamanho, largura, espessura e litragem… nada que se compare ao trabalho desenvolvido quando você encomenda sua prancha diretamente com o shaper, à exemplo dos melhores surfistas do mundo.

Mas o fato é que o shaper brasileiro possui hoje um forte concorrente: as Lojas, que oferecem inúmeros modelos de pranchas, populares mundialmente, desenvolvidos pelos melhores shapers do mundo. Como o shaper brasileiro pode fazer frente a uma tão forte estratégia de marketing, associada ao complexo de vira-latas do brasileiro ? Como disputar o mercado com as lojas?  

Uma boa saída seria a possibilidade de oferecer aos seus clientes, um maior número de modelos, entre eles, os modelos internacionais encontrados nas lojas, seria uma maneira competitiva de disputar o mercado de pranchas com as Boardshops, que atualmente detém a maior fatia do mercado, em função da cultura brasileira valorizar as marcas estrangeiras, em detrimento do produto nacional… 


LOGO MASTER S3D


Uma boa saída seria a possibilidade de oferecer aos seus clientes, um maior número de modelos, entre eles, os modelos internacionais encontrados nas lojas, seria uma maneira competitiva de disputar o mercado de pranchas com as Boardshops, que atualmente detém a maior fatia do mercado, em função da cultura brasileira valorizar as marcas estrangeiras, em detrimento do produto nacional.

Com o objetivo de facilitar a vida do shaper, aumentar sua competitividade em relação às lojas e retomar a sua fatia de mercado, desenvolvi uma nova tecnologia que batizei com nome de “Masterização de Designs”. Ela permite ao shaper reproduzir qualquer modelo internacional disponível pela internet ou nas lojas, de forma totalmente customizada para cada cliente >>> Saiba Mais


  • -
WWP-vision-side-view-Paul-Roget-design-2011

A Piscina do Slater e suas Ondas Perfeitas…

Category : Alto Rendimento

O Futuro Chegou

… E O MUNDO MUDOU, 

Mas quero lembrar que a piscina não veio para tomar o lugar das ondas naturais e que potencialmente deve reduzir o crowd nas praias… que ela pode chegar onde as praias não chegam e tornar o surf um esporte muito mais popular… que significa a evolução técnica do esporte, pois a repetição é a base para criação e aprimoramento de novas manobras com foco no alto rendimento desportivo, à exemplo de qualquer esporte… enfim, Slater é um ET que fez muito mais do que qualquer outro poderá fazer pelo nosso esporte de coração…vida longa ao Rei, em sua melhor performance ever em pról do surf… e enquanto muitos entram na fila para pegar sua onda na piscina do Rei, vou comprar minha passagem para a indonésia e pegar umas ondas sozinho e sem crowd em algum Desert Point… desfrutando da realidade sem limites que começa a despontar no horizonte do surf…

…O ESPÍRITO DO SURF CONTINUA DENTRO DE CADA UM DE NÓS !!!

20108414_1513419322013949_4624920517957051152_n

Aloha, viva seus sonhos…

Por Henry Lelot


  • -
13230066_1049453008423106_8547131018107748952_n

NÃO SURFE !

Category : Sem categoria

“Bom dia galera, Não surfe! Se eu pudesse dar um conselho para alguém eu diria: não surfe! Surfar é um ato de loucura. Se você começar, vai perceber que seu corpo vai doer, seus braços vão cansar, no caldo pesado seus pulmões vão sentir gana por oxigênio, seus pés serão cortados pelo reef.

ulisses rocker surfskate

Se você começar a surfar , vai perder as baladas de sábado com os amigos. Vai sair de casa no frio , sua pele vai arrepiar e ainda assim não terá vontade de voltar para cama. Não surfe !! Não seja como esses doidos , percorrendo quilômetros atrás de ondas , adrenalina a milhão , com suas pranchas , roupas , parafinas e leashes. Surfar é perigoso !

vitor e sua magic

Você vai falar uma linguagem estranha , seu palavreado será inundado de palavras como drop , lineup , flat , swell , caldo , 1 metrão , classico. Seus amigos e familiares não entenderão quando você falar ” quebrei a vala ” e ficarão apavorados quando você disser ” obrigado senhor ! “. Quando você menos perceber seu roupeiro da praia terá mais shorts , longs , west , calções e lycras de surf do que roupas de ” pessoas comuns “. 

14947595_1271479789560951_6084985453861744903_n

Surfistas são pessoas estranhas , que surfam sem medo do big swell , da ressaca. Quanto maior , melhor ! Surfam centenas de vezes durante o ano , não ganham nenhuma competição mas festejam cada banho como uma conquista olímpica. Surfistas são loucos , confie em mim ! Surfar vai te trazer a sensação de que você é capaz de ir sempre mais além. Surfar vai fazer você conhecer pessoas loucas , que começaram a surfar e se tornaram viciados, como você.

1779163_10207132781586774_5118166200335483825_n (4)

Surfistas falam com desconhecidos no banho , e veja só , eles ajudam estranhos , incentivam pessoas que nunca viram antes a continuar surfando… Gritam e vibram com a onda de um cara que nunca viram na vida, algo como: Uhuuuuu. Estes viciados não deixam os outros a largarem do vício. Surfistas possuem corpo magro , mente saudável , são felizes e fazem amigos de infância a cada surf. Surfistas realmente são muito felizes e isso é um grande perigo a sociedade.

_20151111_005753

Então , acredite em mim , NÃO SURFE ! Não corra o risco de virar um viciado incurável e uma pessoa que possui uma felicidade genuína. Não corra o risco de se tornar alguém melhor a cada dia. NÃO SURFE !

PRANCHAS 6 - ULISSES PRANCHAS 7 - ULISSES PRANCHAS 8 - ULISSES PRANCHAS 9 - ULISSES

 PRANCHAS 10 - ULISSES


  • -
ATLETAS

O Alto Rendimento no Surf

Category : Alto Rendimento

Uma onda pode proporciona-lhe imenso prazer. E, se você surfa regularmente, ainda fica com o corpo em forma, mantém um bom apetite e naturalmente bronzeado pela abundância de sol. Em um nível mais profundo, o surfe é uma busca espiritual. Algumas coisas nos proporcionam imenso prazer, e por isso queremos fazê-las novamente, queremos sentir o prazer de novo… e de novo. O que acontece quando você começa a surfar13164431_1153507324680092_5006815912929440633_n 

Queremos que seja tão bom quanto foi na primeira vez. E na busca pela onda perfeita, Há uma razão pela qual surfistas não costumam se tornar CEOs, chefes de estado, ou intelectuais. O nosso tempo é limitado. No sacrifício do futuro, nós vivemos o presente. Assim como a onda pré-moderna de surfistas que vieram mil anos antes de nós, abandonamos tudo por conta do próximo swell, e mergulhamos de cabeça, corpo e espírito no mar, a nossa verdadeira fonte de vitalidade !!

 

da iniciação até o alto rendimento….

O que é necessário para um atleta atingir seu máximo rendimento nas competições ?

JOB 3 Professor João Alberto Barreto

 

PRINCIPIO DE SUPERAÇÃO DE LIMITES

“Quanto mais vc sua nos treinamentos, menos sangra no campo de batalha” Coronel Red

Segundo o Professor João Alberto Barreto, acreditar que o atleta pode conseguir tudo na base do talento é pura utopia… sem treinamento não há como acompanhar o ritmo evolutivo da alta-performance nas competições. E já se foi o tempo em que o treinador reunia variados papéis na preparação técnica do atleta: preparador físico, psicólogo, médico, nutricionista, fisioterapeuta, etc.

Nos tempos modernos, um novo conceito vem sendo difundido entre os esportes olímpicos: trata-se do TREINAMENTO TOTAL ou MULTIDISCIPLINAR. Segundo Raoul Mollet, introdutor da idéia, é extremamente importante o atleta de hoje deve contar com um grupo de profissionais esportivos na sua preparação visando a máxima performance nas competições. Segundo Mollet, é impossível determinar qual parte da preparação do atleta – treinamento técnico-tático, preparação física e preparação psicológica – é a maior responsável pelo êxito na obtenção de grandes marcas desportivas.

6.3 CRITÉRIOS ASP 2011

No caso do Surfe, além do treinador, preparador físico e do psicólogo esportivo, o atleta deve considerar igualmente importante o trabalho com o shaper, pois diferentemente da maioria dos esportes, o surfe de alta performance requer pranchas altamente personalizadas, onde cada milímetro faz grande diferença dentro d´água. Para se ter uma idéia, tratando-se de um shaper mediano, a cada 20 pranchas feitas para um atleta profissional, a média de acerto é de 20%, ou seja 02 pranchas; tratando-se de um shaper com maior experiência, a cada 10 pranchas feitas, o percentual de acerto varia entre 20 a 30%, ou seja, 2 ou 3 pranchas realmente boas…

Com uma média de acerto tão baixa, torna-se preponderante o relacionamento shaper/atleta, onde o fator confiança deve permear a relação para que venham a se obter os melhores resultados em termos de regularidade no equipamento, de maneira que o shaper é tão importante quanto os demais profissionais que acompanham o atleta, de maneira a compor, não como normalmente um triângulo, mas sim um losango de trabalho, em que os profissionais devem atuar em sinergia visando a obtenção do máximo rendimento esportivo por parte do atleta.

O CAMINHO DA EXCELÊNCIA

O atleta que busca maximizar seu rendimento nas competições deve desenvolver seu treinamento buscando desenvolver os seguintes atributos:

TALENTO (capacidade e aptidões genéticas)

ASPIRAÇÃO (forte desejo em chegar ao alto da montanha)

DISCIPLINA (manutenção no cumprimento dos princípios estabelecidos)

COMPROMISSO (estrito cumprimento do que foi estabelecido como objetivo)

PERSEVERANÇA (obstinação em conseguir alcançar as metas estabelecidas)

INCONFORMISMO (nunca se conformar com o que conseguiu, sempre falta alguma coisa para melhorar)

MOTIVAÇÃO (grande quantidade de energia interna para alcançar seus objetivos/direção e intensidade)

CORAGEM (enfrentar as adversidades superando o medo e a preocupação)

TREINAMENTO EXTREMO (suar nos treinamentos é sangrar menos na competição)

CONFIANÇA ( acreditar que é capaz de ter sucesso no que está realizando)

ALEGRIA (sentir-se alegre e feliz no que está desempenhando)

SUPERAÇÃO DE LIMITES (acredite que o seu limite é o céu)

HUMILDADE (conter a inflação do EGO: despojamento de vaidades)

AFIRMATIVIDADE (liberdade de expressão emocional e consciência dos direitos)

RESPONSABILIDADE (quanto mais livre for o indivíduo maiores as suas responsabilidades de decisão)

ZONAS DE DESCONFORTO (criação de dificuldades técnicas nos treinamentos e suas superações)

ARMADILHAS DO SUCESSO (ganhar fama e deitar-se na cama é o início do fim das vitórias)

CONTROLE DOS DESEMPENHOS (nos treinamentos e competições: buscar constantemente a excelência)

CADA BATERIA É A MAIS IMPORTANTE DA SUA VIDA (prepare-se para a bateria como se fosse a única e última da sua vida esportiva – esqueça passado e futuro)

O PREPARO TÉCNICO, FÍSICO E PSICOLÓGICO SÃO MAIS IMPORTANTES QUE A VITÓRIA (porque esta vai depender sempre, destes 3 pilares da preparação)

PLANEJAMENTO        >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>              META: ALTO DESEMPENHO

Estratégias: Como vamos chegar?                                                Onde queremos chegar?

 

AVALIAÇÃO GENÉTICA.

 

  • Este exame é feito com a coleta das impressões digitais. Este exame serve como ferramenta para ajustar parâmetros físicos que ajudara para desenvolver o talento para o surfe.

 

  • O aspecto mais importante do conhecimento do potencial genético é a orientação inicial: escolha certa e antecipada da especificidade esportiva (levando-se em conta os potenciais genéticos indispensáveis para o especifico esporte). Ele ajudara o atleta a progredir rapidamente, e a atingir altos resultados, mesmo que tenha muitos anos na prática no surfe.

 

  • O conhecimento do potencial genético permite diferenciar os componentes físicos, fracos e fortes, previstos (de prognóstico), das possibilidades do atleta e, respectivamente, o aperfeiçoamento ativo dos fortes componentes do preparo adequado, e também, o seu direcionamento esportivo, com a ajuda de métodos especiais para o desenvolvimento dos pontos fracos, pouco assegurados pelo potencial genético.

 

  • AVALIAÇÃO DO SOMATOTIPO.

 

Além de saber a atual condição de saúde do atleta, poderá prevenir as futuras lesões; acompanhar a evolução nos treinamentos; acompanhar sua condição  alimentar.

 

  • AVALIAÇÃO DA FLEXIBILIDADE.

 

Hoje é fundamentalm trabalhar o atleta sob ponto de vista de flexibilidade, pois é fundamental para evitar lesões principalmente em baixas temperaturas. FLEXITESTE-

20 ARTICULAÇÕES.

 

  • AVALIAÇÃO DO ESTADO NUTRICIONAL.

 

A avaliação da nutrição para o esporte tem um diferencial muito grande quando é do alto rendimento, é necessário ter uma visão específica para o esporte como surfe, por exemplo, o tipo de sangue do atleta em relação o tipo de proteína que deve ser ingerida para aumentar a força muscular.

 

  • AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA DO ALTO RENDIMENTO.

 

O perfil de cada jogador deverá ser avaliado, pois é comprovado que o atleta introvertido deverá ter uma orientação diferente do extrovertido.

 

  • AVALIAÇÃO DA FORÇA MUSCULAR

 

Serve para avaliar as condições de força de cada segmento do corpo para periodização dos treinamentos.

 

  • PARTICULARIDADES DO atleta de surf
  • POSIÇAO(s) DE apoio na prancha.
  • INTENSIDADE Das

DEXTRO.

SINISTRO.

AMBIDEXTRO.

VISÃO PERIFERICA.

TEMPO DE REAÇÃO.

COMPORTAMENTO PROFISSIONAL PARA O ALTO RENDIMENTO.

avaliação de atletas

 

Vídeo-aulas – Professor João Alberto Barreto:

PSICOLOGIA NO SURF – O PAPEL DA FAMILIA 1 :

Capturar

PSICOLOGIA NO SURF – O PAPEL DA FAMILIA 2:

JOB2

PSICOLOGIA NO SURF – O PAPEL DA FAMILIA 3:

JOB 3

PSICOLOGIA NO SURF – O PAPEL DA FAMILIA 4:

JOB 4


  • -
download

Adquirindo Seu Novo Foguete

Category : Shape & Design

Aprender a surfar com a prancha certa é fundamental para evoluir mais rápido e se manter empolgado com o esporte. No post de hoje, mostraremos a você as principais razões para não comprar prancha de loja e muito menos uma prancha barata. Confira!

Para evoluir no surf com o pé direito, é preciso escolher bem a sua principal parceira de ondas: a prancha de surf. Na ânsia de economizar e começar a praticar logo, muitos acabam optando por uma prancha de loja, pelos modelos mais baratos, ignorando outros detalhes. Mas será que essa é mesmo a melhor solução?

A Escolha da Prancha Certa

Ao começar um esporte novo, é comum ficarmos empolgados e nos dedicarmos ao máximo à sua prática. Aliás, grande parte da adrenalina de iniciar algo novo vem exatamente dessa emoção!

No entanto, se não nos sentimos motivados ou não percebemos uma evolução ao longo da prática, começamos a sabotar os treinos e a desanimar com o esporte. Para que isso não aconteça, é fundamental se entregar de corpo e alma e, é claro, contar com uma mãozinha dos equipamentos certos.

No caso do surf, é preciso ficar atento a alguns fatores importantes na hora de escolher sua primeira prancha — e é disso que falaremos nos tópicos a seguir:

1. Volume

O volume da prancha é medido em litros. Para quem está começando, pranchas com um volume maior. O motivo? Elas flutuam mais, fator que auxiliará você a pegar mais ondas no início. Iniciantes devem optar por pranchas com flutuação acima de 60 litros e os de nível intermediário, acima de 30 litros.

2. Tamanho

Para iniciantes, quanto maior for a prancha, melhor. A altura das pranchas é medida em pés e polegadas, e o ideal é começar com pranchas de pelo menos 7’2 (uma prancha 7’2 possui aproximadamente 2,20 metros).

Sim, pranchas grandes podem ser mais pesadas e difíceis de carregar no começo, mas, a não ser que você tenha nascido com um talento nato para o surf, você vai passar mais tempo remando do que surfando se escolher uma prancha pequena!

Fique muito atento a esse ponto, pois isso é o que mais leva os iniciantes a errarem na hora de comprar sua primeira prancha. Por isso, lembre-se: as pranchas maiores são as que têm mais flutuabilidade e são as melhores para quem está começando.

Mas por que tanta gente escolhe uma prancha pequena de início? A resposta é bastante simples: pranchas menores são para quem já possui maior habilidade e muitos pensam que com elas irão evoluir mais rápido… mas ocorre justamente o contrário. E em função do menor custo, muitas vezes acabam parecendo ser a melhor opção. Portanto, reflita bem antes de adquirir sua nova prancha para não escolher a prancha errada.

3. Adquirindo seu novo Foguete 🚀🚀🚀

Cuidado ao adquirir sua pranchas em lojas, pois os vendedores não são especializados, muitos não entendem de pranchas, mal sabem surfar, querem apenas bater cotas de vendas, ganhar sua comissão e não é raro indicar uma prancha inadequada para o seu perfil, ocasionando dificuldades na remada, entrada na onda, manobrabilidade, estabilidade, causando frustração e comprometendo o aprendizado e a evolução do seu surf. Se vc comprou sua prancha em loja e não evoluiu como gostaria, não pense que você não leva jeito, pois muito provavelmente a prancha não foi a ideal para o seu perfil.

As pranchas de marcas internacionais disponíveis nas lojas são feitas no Brasil, através de máquinas CNC, por licenciados cujo objetivo é de apenas produzir e vender pranchas padronizadas à nível industrial, sem compromisso de precisão com relação às medidas. Por essa razão, os surfistas mais experientes costumam encomendar suas pranchas diretamente com o shaper, porque ficam mais personalizadas e garantem maior evolução do seu surf. Mesmo assim, fica uma dica importante: se o shaper só te pedir peso, altura, tamanho e rabeta, sinceramente, sua prancha acabará não sendo tão personalizada como uma prancha feita sob medida.

4. Modelos adequados para o seu nível de surf

Existem modelos de pranchas específicos para cada grau de habilidade: seja você iniciante, de nível intermediário ou avançado, conheça nossa linha de pranchas com modelos que atendem à todos os níveis de surf > Modelos Exclusivos 

5. Conclusão:

1️⃣ Encomendar com o shaper é sempre melhor do que comprar prancha pronta, uma prancha produzida sob medida pra você, sempre te trará melhores resultados!

2️⃣ O barato sai caro!!! 👎🏾Qualidade é uma coisa que poucos prestam atenção na hora de escolher sua prancha, e isso acaba trazendo um prejuízo enorme não só para o seu bolso como para sua qualidade de surf! Procure sempre se informar a respeito da experiencia do shaper, das tecnologias e materiais usados na fabricação da sua prancha, procure entender os processos, e pesne bem antes de adquirir pranchas mais baratas, para não acabar comprando gato por lebre…

Aloha, boas ondas !

Henry Lelot

20160621_181219

 

 


  • -
Sem título-1

Novas rabetas

Category : Shape & Design

A Nova Rabeta MIG !!!

Apresento a minha mais recente criação: a nova rabeta DOUBLE SWALLOW ou MIG TAIL, pela sua extrema semelhança com o jato soviético MIG, que fez história, sendo até hoje considerado um dos mais famosos designs do mundo da aviação até os dias de hoje !!! 

20160331_230058  20160331_230114

Não somente a rabeta, mas o bico também revolucionário; muita remada e velocidade extra !!!

12784443_979738052106947_874301985_n (2) images

Os testes estão apenas no início… mas segundo a Mecânica dos Fluidos, aplicada tanto na ciência aerodinâmica, quanto Hidrodinâmica, salvas as suas devidas peculiaridades, tenho razões comprovadas para crer que a nova MIG vai fazer o mesmo sucesso tanto dentro, quanto fora d’água !!!

20160331_225808

Uma vez que se trata de uma nova variação de Swallow, a nova MIG / DOUBLE SWALLOW pretende proporcionar uma prancha mais solta, com arcos curtos nas mudanças de direção, porém maior drive e, consequentemente, maior impulsão e velocidade do que sua irmã mais velha. a swallow, uma vez que suas asas são em formato de nadadeiras tipo pés de pato, considerados tão funcionais nos pés dos mergulhadores de nossos oceanos, quanto nas mãos dos pilotos que fizeram a história da aeronave russa nos céus do nosso planeta !!!

20160331_230701

Por Henry Lelot


  • -
semi pro 12 -

Cópias e Réplicas

Uma Questão Conceitual                                   

 Por Henry Lelot

tdwart

Cópia  autorizada


Reprodução de um originalproduzida em larga escala, não tem intenção de se ‘fazer passar’ pelo original.(Dicionário Houaiss).


No caso de produtos artesanais como as pranchas de surf, podemos considerar “originais”, as pranchas customizadas pelo shaper original para seus atletas e clientes. Já as pranchas produzidas em escala pelo fabricante, em seu país de origem, através de máquinas CNC e back shapers, com medidas semi-padronizadas disponíveis pela internet e nas lojas, conceitualmente, poderiam ser consideradas, com boa vontade, “cópias” ou “réplicas” baseadas nas dimensões originais usadas pelos team riders. 

outline-hypto-krypto-2

Falsificação 


Reprodução em série de um produto de marca, feita com o intuito de enganar o consumidor final, pois usa o logotipo idêntico ao produto original; geralmente são produtos com baixo valor, feitos com materiais mais baratos e sem controle de qualidade.


As pranchas produzidas em larga escala por licenciados no Brasil ou em qualquer outro lugar do mundo, disponíveis nas lojas de forma semi-padronizada, que não possuem o mesmo padrão de qualidade das produzidas no exterior, podem ser consideradas “cópias” autorizadas pelo fabricante original.

sweet-spot-2-outlinex

Imitação e Cópia não autorizadas


Atualmente, qualquer internauta pode baixar gratuitamente o programa Shape3D, que disponibiliza arquivos de pranchas desenhadas por usuários. Definitivamente, não se trata de arquivos originais… são “cópias” de procedência duvidosa. Alguns shapers brasileiros, talvez buscando garantir maior competitividade, vêm oferecendo aos seus clientes, justamente este tipo de arquivo de origem desconhecida, para oferecer aos seus clientes, pranchas baseadas em modelos gringos, como se tivessem sido desenvolvidas por ele mesmo, o que constitui “cópia não autorizada” e também “imitação”, em razão da procedência indeterminada dos arquivos.


Na mesma categoria, podem ser incluídas as pranchas feitas pelos hand shapers, utilizando apenas seu feeling, tato e “olhômetro”, igualmente inspiradas em modelos gringos, afinal, não há como garantir a mínima precisão e proporcionalidade em relação ao original, nem mesmo às cópias de loja.

sci phi original outline

Contrafação


Contrafação é um termo jurídico usado para indicar a «falsificação de produtos, valores, assinaturas, de modo a iludir sua autenticidade». Está associada à «usurpação ou violação dos direitos autorais ou da propriedade intelectual».  Hoje em dia, contrafação remete para a produção de bens de consumo com marcas registradas e não para objetos artísticos de caráter único.


Para evitar a possibilidade de “cópias não autorizadas” ou mesmo “falsificações”, o fabricante original precisa ter seus direitos resguardados em cada país, registrando efetivamente sua marca, bem como o nome e a logomarca de cada modelo no devido órgão competente, no Brasil, o INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial.

RNF LOST 1997 COREY LOPEZ

Réplica Customizada


Réplica significa em português «exemplar de uma obra de arte repetido do original» (José Pedro Machado, Grande Dicionário da Língua Portuguesa). Não possui intenção de se ‘fazer passar’ pelo original e utiliza uma grife própria em termos de logomarca, pois precisa divulgar o nome da sua empresa e produto para usufruir do mérito de uma réplica bem feita, ou até superior ao original (Fonte Edmar Luighi).

LOGO MASTER S3D

A Réplica Customizada de uma prancha feita através da tecnologia Master Shape3D, consiste na reprodução artesanal (independente da utilização de máquina ou não), de qualquer modelo de prancha disponível no mercado mundial, a partir da encomenda feita diretamente com o shaper, onde cada projeto é totalmente customizado para o perfil de cada cliente, de acordo com o seu biotipo, grau de habilidade, forma física, linha de surf, base, pressão aplicada e até mesmo o número do seu calçado. Consideradas as suas peculiaridades, cada “Réplica” confeccionada através da utilização do novo sistema, se configura como um objeto artístico de caráter único, que desfruta da legitimidade necessária para usufruir do mérito de ser considerada uma réplica bem feita, superior inclusive ao original, como atenta para esta possibilidade Edmar Luighi, uma das fontes desta matéria. 

grt

Réplica do Modelo “DFK-Plus” utiliado por Gabriel Medina no circuito Mundial, customizada para as características de um cliente.


Master Shaper

Shaper Bio

 Grand Master Shaper Henry Lelot Lelot foi o introdutor da informática no mundo das pranchas e pioneiro no ensino da arte do shape, através de seus conceituados Cursos Profissionalizantes,  através do qual já formou mais de 1.200 novos artesãos ao longo das duas ultimas décadas... > Saiba Mais. window.onload = function(e) { if(typeof ugCheckForErrors == "undefined"){ document.getElementById("unitegallery_9_1").innerHTML

TORNE-SE ASSOCIADO

OSurfe Club

Inspirado nos moldes australianos, nosso Surf Club (fundado em 2000) foi um dos primeiros espaços temáticos dedicados à cultura surf no Brasil e tem como objetivo compartilhar o amor ao Surf e promover a prática desportiva, a integração, a saúde, a formação para o trabalho e a cidadania > História O Primeiro Surf Club do Brasil

VENHA SURFAR NO RIO

Surf Hostel

Venha Surfar as Ondas do Rio O Rio Surf Hostel está localizado à 100 metros da praia da Macumba. Ao lado de praias não menos paradisíacas como a Reserva, Recreio, Prainha e Grumari, o local foi escolhido a dedo pelo Surfer/Shaper Henry Lelot, para desfrutar do verdadeiro “Surf Style” e compartilhar com você e seus amigos,

Aprenda a Surfar

Surf Lessons

Surf Lessons -Aprenda a Surfar Surfar significa estar em contato com a natureza, com Deus, consigo mesmo. É sentir se LIVRE, purificado, harmonizado e inteiramente em paz. É querer cada vez mais, é sentir cada vez mais, é VIVER. É inigualável e com certeza inexplicável. É sentido, escolha, é tudo. Surfar é arte, magia!    

Aprenda a Fazer Pranchas

MBA PRO SHAPE & GLASSING

Aprenda a Fazer Pranchas... Realize o sonho de fazer suas próprias pranchas de Surfe, Kite Surf e Stand Up Paddle. Ao longo das duas últimas décadas, mais de 1.200 artesãos já se capacitaram em nossos cursos profissionalizantes que têm sido referência no Brasil e no exterior. Entre eles, muitos se tornaram shapers de destaque no

A FERRARI DAS PRANCHAS

Qualidade Magic

Sua Prancha "Fora de Série" Qualquer um de nossos modelos pode ser confeccionado na Qualidade Magic, resultado da fusão da verdadeira arte às mais avançadas tecnologias e composites do mercado, criada com o objetivo de garantir à você  uma "Super Prancha" mágica, turbinada, realmente "Fora de Série" e proporcionar-lhe momentos inesquecíveis e a evolução do seu surf para

TOP SURFERS

Surf Team

Top Surfers ao longo da história       Conheça os Top Surfers que já utilizaram nossas pranchas. Surf Riders 2017      Conheça a nova geração de atletas que fazem parte de nosso Team. Staff Técnico      Conheça os responsáveis pela seleção e orientação de nossos Atletas.  

SURFBOARD MODELS

STOCK BOARDS

Boardshop

✈️Frete Grátis para todo o Brasil  ✈️ Confira abaixo, as Pranchas Novas e Seminovas que temos em estoque para entrega imediata e conte com o auxílio do Master Shaper Henry Lelot, para encontrar a prancha ideal para o seu Perfil:    21 98891-0267     Fun 7'8 - Aprenda a Surfar  ✈️✈️✈️ Fish 5'7 - Diversão

CALCULO DE VOLUME

Tabela de Litragem

A Litragem é a medida de Volume em litros, calculada de acordo com as medidas de altura, largura e espessura de prancha. Hoje em dia a maioria dos Shapers relacionam as medidas das pranchas com o volume, normalmente ele vem ao final da medida com indicativo de L (litro) ao lado. Por exemplo: Prancha Wave Killer

FICHA DE ENCOMENDA

ENCOMENDE SUA PRANCHA

Favor preencher o máximo de informações: SURFER Nome Completo Altura Peso Calçado WhatsApp E-mail Cidade Estado Rio de Janeiro (RJ)Acre (AC)Alagoas (AL)Amapá (AP)Amazonas (AM)Bahia (BA)Ceará (CE)Distrito Federal (DF)Espírito Santo (ES)Goiás (GO)Maranhão (MA)Mato Grosso (MT)Mato Grosso do Sul (MS)Minas Gerais (MG)Pará (PA)Paraíba (PB)Paraná (PR)Pernambuco (PE)Piauí (PI)Rio de Janeiro (RJ)Rio Grande do Norte (RN)Rio Grande do Sul